2 03 2017

são sempre umas malas feitas que não chegam a levantar do chão, como naquela viagem que planearam mas cancelada no dia. como se sempre tivesse estado à espreita que não irias seguir caminho.

são recitais que te prometem e declarações de choro e os dias passam.

“there’s nothing there” (Manchester by the Sea)

Anúncios

Acções

Informação

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s




%d bloggers like this: