23 04 2016

fico com medo de pensar que é melhor deixar o mal acontecer, para não nos esquecermos do que somos capazes.

digo isto porque não fui exterminada – assim confirmando que não sei o que é ser responsável por tudo quanto acontece, em todo o lado, com cada ser humano.

e, inevitavelmente, lembro-me do “sangue dos outros”: as marés que o silêncio provoca.

o inferno – assim como o céu-, está visto, existem na terra.

(O Botão de Nácar, 2015)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: