13 10 2012

dizem que, no estado em que as coisas estão, perdemos a perspectiva sobre o que é realmente essencial, o que realmente importa, o que deixamos passar ao lado.

É tão simples quanto isso: tudo fica essencial, tudo é essencial, porque estamos absolutamente envolvidos em tudo, a ser envolvidos em tudo, um tudo que não é mais um frente a frente ou lado a lado, de braço com braço, de olhos nos olhos.

é lancinante, a dor que nos ataca quando vemos sete dias em que não olhámos ninguém nos olhos, rodeados do que realmente temos dentro de nós.

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: