2 11 2010

sentes a minha mão na tua nuca? as pontas dos dedos sem percorrerem grandes distancias, so naquele embalo por entre os cabelos. sentes a mão esticada? é relativamente grande, com dedos galhos tortos. não tem lá grande superfície mas vou usá-la. queres ver? não vês. o dedo do meio serve de apoio com o polegar, para ta abarcar e lançar antes que te apercebas a tua cabeça em pontaria de testa à esquina da mesa. não é uma verdadeira esquina, porque não tem predios a ladea la e, ao contorná-la não podes dar um encontrão desconfortável num desconhecido, nem desencontrares-te propositadamente com um conhecido.

nesta esquina não há concertina nem sólidó. nem dor, espero apenas o silêncio, a que lhe é necessário gastar toda a minha força num braço e numa mão e no movimento curvilineo de levar a tua testa à esquina da mesa.

sentemo nos, não deixes o assunto arrefecer.

Anúncios

Acções

Information

2 responses

3 11 2010
Daniela Bicha

LOL Adorei

3 11 2010
ummaisumigualaum

e eu a achar que ias dizer: ai credo que violento e gore 😀

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: