14 04 2009

“Sofre mais quem espera sempre

que quem nunca esperou ninguém?

 

Onde termina o arco-íris,

na tua alma ou no horizonte?

 

O céu dos suicidas será

alguma estrela invisível?

 

Onde ficam as vinhas de ferro

donde caem os meteoros?”

 

Pablo Neruda, Livro das Perguntas, Campo das Letras

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: